Contact...

4.24.2007

Da série "O universo tem destas merdas"

Três dias consecutivos a ir à habitação da entidade paternal. Vários quilos mais gordo e com a paciência um bocadinhooooo mais consumida, chego a casa e deparo-me com um jogo de facas de cozinha, cinco no total e ainda uma tesoura para trinchar um peru.


"Gaaaata!!! Oh bichana, anda cá..."

5 comments:

gaZpar said...

Isso para mim é uma relaçao amor-ódio. Tu adoras a gata! eh eh eh

ps- espero que tenhas noçao das consequencias que te esperam após o teu "colega" ler isto. :o)

nuno said...

Hmmmm bem....tadinha da bicha....a gata claro. Bem, facas, esta imagem...qualquer dia estas a comprar coletes estilo tombraider e fisgas ( sim temos que adatpar a realidade portuguesa...fisgas ou memso fisgas feitas com paperclips )e atacar universidades...quem sabe ate mesmo o gatil de monsanto

Kraak/Peixinho said...

Eu paciência tenho e muita, o problema é que venho de casa dos daddys carregado de sacos de coisas e comida que a minha mãe, ao fim de naum sei quantos anos fora de casa, insiste em dar-me.

Pobre gata. Eu tenho um cão, mas aviso já que naum há para troca :P

Hugzz!

Graven said...

gaZpar,
Each man kills the thing he loves.

nuno,
A culpa na realidade é tua! No dia 2 da minha travessia pelo deserto chego a casa e primeira coisa que faço é gritar, depois pego no berbequim e por fim no martelo, tudo ao som de Tool. Estavas à espera do quê? Muita sorte tiveste tu em não estares por perto, sua perua, senão era o remake portuguese psycho. Ao som de Doce, invés de Phil Collins, claro.

kraak,
Tem cuidado. Um dia é um lombo assado, no próximo uma terrina da sopa e quem sabe se não sais da casa dos teus pais com uns cortinados novos!
Quanto a trocar a gata, não obrigado. Na realidade já faz parte da mobília!

nuno said...

Nao esquecer que este fim de semana eu tenho 32 horas em casa do poder paterno...isto a seguir a um 25 de abril...devo vir com instintos pidescos...portanto fujam...nao va eu vir com umas facas assim mais para o estilo KATANA :)